top of page

O que é um "vinho de inverno"?

Vinhos de colheita de inverno. Para os apaixonados pelo vinho brasileiro, esse será um termo que trará muito orgulho nos próximos anos.

Vamos juntos entender um pouco mais sobre essa tecnologia?

 

O que é?

Em resumo; A colheita de inverno é uma técnica que consiste em alterar o ciclo da videira, para que as uvas tenham seu período de maturação no inverno.

Essa alteração busca encontrar condições climáticas mais favoráveis para a maturação das uvas.

O período habitual da colheita se dá no verão, o Brasil como país subtropical possui um verão muito quente, chuvoso e úmido, o que não é uma condição favorável para uma maturação de qualidade, principalmente quando falamos sobre vinhos tintos.

Ao mudarmos o ciclo da videira, a maturação ocorre durante o inverno, nos meses mais secos, com maior amplitude térmica (dias ensolarados e noites frias). Condições semelhantes as das maiores regiões viticultoras do mundo.

O clima seco permite à videira um estresse hídrico moderado, que sinaliza para a planta que há escassez de alimento, como mecanismo de defesa e perpetuação da espécie, a planta passa a direcionar mais nutrientes para o fruto e menos para o seu crescimento (galhos, ramos e folhas), garantindo uma qualidade muito superior.


Como é feita?

Utilizamos a dupla poda para conseguir alterar o ciclo da videira.

Uma poda é realizada em meados de agosto, e uma segunda poda é realizada em janeiro.

Depois da segunda poda, o ciclo da planta se reinicia e ela vem a florescer em Abril.

As uvas têm sua maturação e colheita no período entre o final de julho e início de agosto.


Quem desenvolveu essa técnica?

O pacote tecnológico que engloba a colheita de inverno é muito maior do que a dupla poda. Foram feitos estudos climáticos, de solo e de altitude para encontrarmos os fatores comuns entre áreas no Brasil inteiro.

Além desses estudos, houve também a busca por combinações melhores entre variedades e porta enxertos que se adaptariam bem a técnica e produziriam bons frutos.

A pesquisa foi realizada pela EPAMIG, em Caldas, capitaneada pelo pesquisador Dr. Murillo de Albuquerque Regina, sócio fundador da Vinícola Estrada Real.

A Vinícola Estrada Real é a pioneira na implementação da colheita de inverno, a implementação de seus vinhedos foi em 2001 e sua primeira safra experimental em 2003.

Nosso primeiro vinho a entrar no mercado foi o icônico e lembrado Primeira Estrada Syrah safra 2010. Hoje, temos o orgulho de apresentar para vocês toda a evolução de nossa vinícola com os vinhos Syrah Gran Reserva 2018 e Syrah 2020 que podem ser encontrados em nossa loja virtual, além de muitas outras novidades e inovações que trouxemos para o mercado nos últimos anos.







Existem outras vinícolas produtoras de vinhos de inverno?


Sim, existem hoje outras 40 vinícolas produtoras de vinhos de inverno associadas à ANPROVIN (associação nacional dos produtores de vinhos de inverno). Essas vinícolas juntas somam centenas de prémios, nacionais e internacionais e buscam incessantemente por inovações que possam trazer ainda mais qualidade para nossos vinhos.

Saiba mais sobre a ANPROVIN e seus associados no link abaixo;




742 visualizações0 comentário

Коментари


bottom of page